Mercado de Energia | B3

Mercado de Energia

01/12/2020

B3 publica regras para agentes acessarem a nova Plataforma de Energia da B3

A partir de dezembro, os agentes que aderirem ao selo poderão se cadastrar na plataforma e agendar data de migração de contratos.

São Paulo, 01 de dezembro de 2020 - Dando mais um passo importante na sua atuação no mercado de energia elétrica, a B3 publica o Regimento do Selo de Confiança da B3 para o Mercado de Energia, detalhando para os agentes do mercado (comercializadoras, consumidores, geradores) as informações necessárias para o cadastro na nova Plataforma de Energia da B3 e seu funcionamento.  

A plataforma, criada a partir de uma demanda do mercado para a B3, disponibiliza informações que proporcionam maior transparência sobre o risco de contraparte nas negociações de contratos de compra e venda de energia elétrica, promovendo, com isso, melhores condições para a negociação de energia.

A B3 criou o selo de confiança da B3 para o mercado físico de energia para indicar o nível de exposição de cada agente nesse mercado e a confiabilidade das informações utilizadas para tal cálculo de exposição. Além disso, a Plataforma de Energia também disponibilizará uma curva de preços de energia, construída com a contribuição dos agentes do setor elétrico a partir dos contratos enviado.

O modelo de risco proposto pela B3 foi estruturado para indicar o risco inerente à carteira de contratos dos Agentes B3 e leva em conta dados econômicos, financeiros e de transações, criando indicadores para viabilizar uma melhor capacidade de leitura e gestão de risco.

Além de destacar os documentos necessários para que os agentes façam sua adesão à plataforma, o regimento descreve como a B3 atribui o nível de Selo - itens avaliados, pontuação correspondente e o status - aderente ou não aderente ao modelo de risco B3. Assim, com este conjunto de informações, será possível estimar o risco relacionado ao mercado livre de energia inerente a cada Agente B3.

Como funciona
O regimento estabelece uma série de medidas que visam aprimorar o cálculo de exposição de cada Agente B3. Cada medida prevista no regulamento corresponde a uma pontuação. É feita uma checagem da aderência às regras divididas em três grandes pilares – periodicidade no envio de informações, credibilidade das informações enviadas e estrutura administrativa e governança - e, assim, são atribuídos pontos de acordo com seu cumprimento. Com a pontuação total obtida, o agente é enquadrado em um dos níveis do Selo: Nível 1, Nível 2 e Nível 3.

Além disso, é feita uma análise de risco para verificar a perda potencial da carteira de cada agente. Como resultado, são divulgados os agentes que estão aderentes ou não ao modelo de risco utilizado pela B3.

“Com essa plataforma, queremos entregar ao mercado uma solução que olhe para as negociações e o ambiente de negócios como um todo, trazendo sustentabilidade dos negócios – e a longo prazo”, afirma Fabio Zenaro, diretor de Produtos de Balcão, Commodities e Novos Negócios da B3.

Próximos passos
A partir de dezembro, os agentes poderão se cadastrar na Plataforma de Energia da B3, aderir ao regimento, receber o respectivo selo e agendar data de migração de contratos. A curva de preços e a consulta de agentes cadastrados deverão estar disponíveis a partir do início de 2021.

A B3 entende que a evolução no uso dessas ferramentas pode levar ao desenvolvimento de novos produtos e serviços, a depender da necessidade do próprio mercado.

A B3 no Mercado de Energia
Em 2019, diante de uma oportunidade de construir algo para o mercado e usando sua expertise em outros mercados, a B3 passa a atuar na infraestrutura para o mercado físico de energia com uma solução inédita de auxílio à gestão de risco de contraparte e divulgação de curva de preço.

A ferramenta leva em conta dados econômicos, financeiros e de transações, criando indicadores para viabilizar uma melhor capacidade de leitura e gestão de risco. Essa iniciativa tem o objetivo de ajudar o mercado a criar melhores condições para a negociação de energia elétrica, contribuindo, desta forma, para a transparência do mercado e a formação de uma curva de preço (curva forward), com foco em gestão de risco.

Além de sua estreia com o monitoramento do mercado físico de energia, a B3 já atua desde 2015 nos derivativos financeiros, disponibilizando ao mercado o derivativo de balcão de energia elétrica, em que as partes negociam de forma bilateral e depois registram os parâmetros no sistema da B3. O risco da operação, portanto, é bilateral, tomado por cada contraparte.

Para saber mais e conhecer o regimento, acesse: http://www.b3.com.br/pt_br/b3/qualificacao-e-governanca/certificacoes/selo-de-confianca-da-b3-para-o-mercado-de-energia/.

A B3 também disponibiliza um canal exclusivo para tirar dúvidas sobre a plataforma de energia, o Atende B3 Energia: (11) 2565-5150.

B3. Com o mercado, para o futuro.