Regras de Cálculo para Derivativos Listados

Emolumentos e taxa de registro

Cálculo do ADTV

A tarifação é definida considerando a família de produtos. Para cada família existem contratos base definidos, cujas quantidades médias de contratos negociados serão utilizados para o cálculo de custos de toda a família.

O ADTV é calculado todo último dia útil da semana, com base nos últimos 21 pregões. O valor encontrado é válido para toda a família de produtos na semana seguinte ao cálculo.

No caso de participantes agrupados em uma mesma conta máster, o ADTV considerado será a soma de todos os participantes.

formula1.PNG

Para os contratos que possuem prazo (Taxa de Juros em Reais ,Taxa de Juros em Dólar, Taxa de Juros Indexados à Inflação), o volume de negociação deve ser ajustado ao duration do contrato.

formula2.PNG

Onde:

 Qaj = Quantidade ajustada de contratos negociados no vencimento j;

 Qj = Quantidade efetivamente negociada no vencimento j;

 n = Número de dias de saque entre a data de negociação e a data de vencimento do contrato.

Para os minicontratos (inclusive os minicontraros de opções de dólar), a quantidade de contratos negociados deve ser dividida por 5. Para rolagens, a quantidade de contratos deve ser multiplicada por 2. No caso dos microcontratos, a quantidade de contratos negociados deve ser dividida por 20.

Arredondado em zero casa decimal.

Não há diferenciação entre negociação normal e daytrade.

Se não houver negociação de contrato base para uma família de produtos, o ADTV será o piso da primeira faixa de volume da tabela.

Na primeira semana de negociação do investidor, o ADTV será alocado na primeira faixa de volume da tabela.

OBS: No caso de clientes cadastrados no programa HFT, o ADTV deve ser calculado de acordo com o critério de apuração definido.

Cálculo do custo médio (legenda_P.png)

Uma vez apurado o ADTV dos contratos base, a próxima etapa é o cálculo do custo médio (legenda_P.png), para os emolumentos e para a taxa de registro variável. Este fator é calculado de forma progressiva, conforme mostrado abaixo:

Tabela progressiva de descontos
Limite mínimo Limite máximo Valor faixa
D1 U1 V1
D2 U2 V2
D3 U3 V3
... ... ...
Di-1 Ui-1 Vi-1
Di Ui Vi
Dn Un Vn

O custo médio para os emolumentos e para a taxa de registro variável é definido como:

Onde:

legenda_P.png = custo médio apurado;

ADTV = quantidade média de contratos negociados, conforme calculado no item anterior;

Ui = Limite superior de cada faixa;

Un = Limite superior da última faixa;

Vi = Valor da tabela associado à cada faixa;

Vn = Valor da tabela associado à última faixa;

O arredondamento é feito na sétima casa decimal para os contratos que possuem prazo (Taxa de Juro em Real, Taxa de Juro em Dólar dos EUA, Taxa de Juro Indexada à Inflação). Para os demais, o arredondamento é feito na segunda casa decimal.

OBS: Para os clientes cadastrados como HFT, o valor do custo médio é calculado de forma regressiva, ou seja, diretamente na faixa do ADTV em que se encontra.

Cálculo do custo unitário do contrato

O custo unitário é obtido aplicando o custo médio apurado no item anterior nas fórmulas definidas para cada família.

Aplica-se o valor do custo médio na fórmula, bem como os demais fatores e calcula-se o custo de um contrato.

Arredondado na segunda casa decimal.

Aplicação políticas de incentivo

Aplicação dos descontos respectivos ao tipo de operação ao custo unitário dos emolumentos e da taxa de registro variável.

Arredondado na segunda casa decimal.

Cálculo dos emolumentos e taxa de registro

Após devidamente aplicadas as políticas de desconto, são calculados os emolumentos e a taxa de registro negócio a negócio.

Taxa de registro

A taxa de registro fixa é a mesma para todos os produtos, exceto para os contratos BRICs, e os que possuem isenção, conforme descrito nas tabelas de preços.

Soma-se o custo unitário da taxa de registro variável à taxa de registro fixa (com sete casas decimais) e multiplica-se pelo número de contratos de cada negócio efetuado.

Arredondado na segunda casa decimal.

Emolumentos

Valor do custo unitário dos emolumentos, multiplicado pelo número de contratos de cada negócio efetuado.

Arredondado na segunda casa decimal.

Taxa de permanência

Calculado para cada contrato, de acordo com valores estabelecidos nas tabelas de preços:

formula6.PNG

Onde:

p = Valor diário da taxa de permanência em reais para a mercadoria;

CAt-1 = Somatório de todas as posições mantidas em aberto no dia anterior;

Ct + Vt = Somatório de compras e vendas realizadas para o contrato em questão na data t;

λ = Fator redutor.

Arredondado na segunda casa decimal.

Taxa de liquidação

A taxa de liquidação é um valor fixo por contrato, diferenciado por produto. Deve ser multiplicado pelo número de contratos liquidados, arredondado na segunda casa decimal.