Script Linkedin Partner

A B3 possui 97% do registro e depósito dos títulos de debêntures do país e é líder no registro de derivativos de balcão.

Entre os ativos mais registrados destacam-se, atualmente, CDBs, DIs, Cotas de Fundos, Debêntures e Derivativos.  A B3 oferece ao mercado financeiro módulos de suporte à distribuição de valores mobiliários, que possibilitam o registro eletrônico da colocação, o depósito e a liquidação financeira, garantindo mais segurança e transparência. As instituições podem realizar a operação em um mesmo ambiente, contemplando desde a distribuição primária até a negociação em mercado secundário. 

Também pode ser registrada na B3 a distribuição primária de Debêntures, Certificados de Investimento Audiovisual e Cotas de Fundos.

As instituições participantes da B3 têm quatro alternativas de acesso ao sistema operacional: por meio de Telas, Mensagens (RSFN), Transferência de Arquivos (upload de arquivos e transferência automatizada) e Protocolo Fix.


Telas: Por intermédio do NoMe, a instituição tem acesso às funcionalidades do sistema que permitem o registro manual de operações e de ativos através da RTM. O acesso à plataforma utilizando a internet é apenas para consultas.

Mensagem (RSFN): O lançamento de operações e registro de ativos pode ser feito com o envio de mensagens através da RSFN – Rede do Sistema Financeiro Nacional e de acordo com o catálogo de mensagens do BACEN.

Transferência de arquivo: O registro das operações e de ativos também pode ser efetuado por transferência de arquivos através da RTM das seguintes formas:

Diretamente no ambiente NoMe, por intermédio de upload manual de arquivos (transferência de arquivos via NoMe); ou

Através do Conecta que permite a troca automatizada de arquivos entre a instituição e a B3.

Web: O acesso via Internet é permitido, exclusivamente, para consulta de posições.

FIX - Financial Information Exchange: Por meio de mensagens baseadas no protocolo FIX é permitido o envio de ordens e difusão de ofertas de compra e venda de ativos na Plataforma Eletrônica.

O depósito de todos os ativos registrados na B3 é feito de forma escritural, por meio de registro eletrônico em conta aberta em nome do titular. Cada ativo está sujeito a uma norma específica e possui diferentes maneiras de pagamento de juros, amortizações e resgates. É por esta razão que a B3 adota procedimentos diferenciados para cada instrumento, assegurando tratamento adequado para cada tipo de ativo.

As movimentações são integradas aos sistemas de liquidação financeira, registro e negociação. São processadas de acordo com o conceito DVP (Delivery Versus Payment – entrega contra pagamento).

As instituições que utilizam este serviço podem consultar saldos em tempo real, bloquear a quantidade negociada na posição do vendedor até a efetivação da liquidação financeira pelo comprador (DVP) e contar com o controle e a liquidação dos eventos (juros, amortizações, prêmios).

Acesso ao sistema