Garantias

Os ativos depositados em garantia são, em sua maioria, valorizados conforme os cenários de estresse definidos pelo Comitê Técnico de Risco de Mercado da B3 para os fatores primitivos de risco. A valorização de tais ativos ocorre no processo de apuração de risco, e depende da composição da carteira de posições e de garantias do participante. Dessa forma, um mesmo ativo pode assumir valores distintos se depositado por participantes distintos.
Garantias constituídas por moeda local, carta de fiança bancária e certificado de depósito bancário (CDB) não são valorizadas com base em cenários de estresse. Os valores de tais garantias são dados, respectivamente, pelo valor integral depositado, pelo valor afiançado e pelo valor de emissão. 


Os valores mínimos dos ativos depositados em garantia podem ser verificados na página de Pesquisa por Pregão - documento Margem Teórica Máxima para Posições em Aberto e Valor Mínimo de Ativos Depositados em Garantia.