Script Linkedin Partner

2° Quadrimestre/ 2019

.

  • Novas Funcionalidades do PUMA

    Estamos estudando com o mercado as possíveis funcionalidades que poderão ser aprimoradas e desenvolvidas no PUMA.

  • Conjunto de Melhorias dos Sistemas da Câmara

    - Segundo Conjunto de Melhorias

    Após o IPNv2, iniciamos o segundo conjunto de melhorias dos Sistemas da Câmara B3 e divulgamos a nova versão do Catálogo de Mensagens e Arquivos.

    - Terceiro Conjunto de Melhorias

    Essa iniciativa ocorre em linha com os compromissos e os entendimentos mantidos com os participantes, reforçados com a entrega, em agosto de 2018, do segundo conjunto de melhorias e correções da Câmara BM&FBOVESPA. O terceiro conjunto de melhorias e aprimoramentos de processos e sistemas da Câmara BM&FBOVESPA será disponibilizado para certificação a partir de 22/10/2018; e o Sinacor a partir de 26/10/2018, com expectativa de implementação em produção na segunda quinzena do mês de novembro.

    Workshop Técnico - 18/09/2018 (Vídeo)

    Ofícios e Comunicados relacionados:
    081/2018 - VOP - Comunicado Externo

    Para ter acesso ao(s) documento(s), acesse:
    http://www.b3.com.br/pt_br/regulacao/oficios-e-comunicados/oficios-e-comunicados/

  • Futuros de Índices Internacionais

    A B3 está estudando a possibilidade de listagem de futuros internacionais como Nikkei, DAX e Euro Stoxx.

    É importante ressaltar que o lançamento do produto está condicionado às respectivas aprovações dos órgãos reguladores.

  • Futuros de Ações - Entrega 2

    Em breve teremos mais informações sobre esta iniciativa.

  • Empréstimo e Compromissada de TPF - Específica

    A B3 está desenvolvendo um novo produto para operações de empréstimo e compromissadas de TPF.

    É importante ressaltar que o lançamento do produto está condicionado às respectivas aprovações dos órgãos reguladores.

  • Negociação Eletrônica de Empréstimo de Ativos

    A criação da negociação eletrônica de empréstimos de ativos visa manter a dinâmica do mercado de Balcão, com conta Máster e acesso do Buy Side. Permitirá ao investidor escolher a sua contraparte, bem como níveis de concentração de liquidez através de contratos padronizados. Também proverá renovação automática para reduzir os procedimentos operacionais e eliminará dificuldades da cobrança de comissões.

    Os catálogos de mensagens e arquivos deste projeto estão disponíveis na Extranet da B3 para Captura, Alocação, Repasse, Empréstimo de Ativos e Controle de Posições. As mudanças de Layout do arquivo IMBARQ001 estão disponíveis no Site da B3 (iMercado - Módulo Arquivos)

    O Workshop técnico deste projeto foi realizado no dia 24/10, e o vídeo e material para apresentação estão disponíveis em Eventos

  • Ciclo de Liquidação D+2

    Estudos realizados por consultorias na Europa e EUA apontaram oportunidades de aumentar a eficiência no processo de post-trading, como trade confirmation e pre- matching, que poderiam reduzir o ciclo de liquidação, de D+3 para D+2. No modelo brasileiro, os negócios realizados são capturados “locked in for settlement”, e não existe a etapa de confirmation. Entretanto, o processo de identificação de comitentes (alocação), autorização de movimentação de custodiante (direcionamento) e pre-matching ocupam os prazos de D+1 e D+2, levando a liquidação para D+3.

    Requisitar, desenvolver, testar e implementar as mudanças mapeadas junto ao mercado para a redução do ciclo de liquidação de ações para D+2, divididas em dois grupos: redução do ciclo de liquidação D+2; alocação por preço médio; novos fluxos do iMercado que apoiarão os participantes para o ciclo de liquidação D+2.

    Redução do ciclo de liquidação para D+2: 27/05/2019

    iMercado (alocação, prematching e ficha cadastral INR) : Até a implementação do Projeto D+2, podendo ser em tranches, de acordo com a prontidão observada no período de certificação.

    Para mais informações, acesse o Site do Projeto.

    Eventos:

    29/01 - Workshop

  • iMercado Ficha Cadastral e Pre-Matching

    Solução para o mercado com o objetivo de proporcionar mecanismos padronizados na troca de informações de pós-negociação entre as instituições do buy-side e sell-side.

    Ficha Cadastral: Inclusão no iMercado para melhorias de processos de cadastro de cliente não residente.

    Pre-matching: Batimento de informações a serem liquidadas de investidores não residentes.

    Para mais informações, acesse o Site do Projeto.

    Eventos: 

    29/01 - Workshop

  • iMercado Alocação / API

    Solução para o mercado com o objetivo de proporcionar mecanismos padronizados na troca de informações de pós-negociação entre as instituições do buy-side e sell-side.

    Alocação: Alocação, repasse e nota de corretagem de comitentes via iMercado. 

    Para mais informações, acesse o Site do Projeto

    Eventos:

    29/01 - Workshop

  • Otimização FPRs Dólar

    O projeto Otimização do Fator Primitivo de Risco para Dólar, tem por objetivo aumentar a eficiência da métrica de risco para carteiras com exposição ao fator de risco dólar através de contratos futuros.

    O cálculo do risco, de acordo com a metodologia CORE, baseia-se no processo de encerramento ordenado de portfólios considerando restrições de liquidez, flutuações de preços e descasamentos de fluxos financeiros de crédito e débito. As posições em contratos futuros são encerradas o mais rápido possível, respeitando-se as restrições de liquidez de cada contrato. Esta é a estratégia ótima de encerramento para carteiras cujas posições são pequenas quando comparadas com estas restrições. No caso de posições maiores em carteiras contendo hedges, esta estratégia de encerramento pode levar ao aumento temporário da exposição da carteira ao risco na medida em que contratos mais líquidos são encerrados mais rapidamente que contratos com menor liquidez.

    Este aumento do risco ao longo do processo de encerramento da carteira gera um requerimento de margem maior do que o que seria necessário para suportar o encerramento das posições caso as relações de hedge entre diferentes tipos de contratos fossem respeitadas. Este projeto visa a implementação de um novo tipo de estratégia de encerramento para contratos futuros com exposição relevante ao fator de risco dólar spot (DOL, DDI, SCS). Neste caso, as posições elegíveis a nova estratégia passam a ser encerradas conjuntamente visando a minimização da exposição ao fator de risco dólar. O principal benefício deste novo algoritmo para a estratégia de encerramento é a potencial redução no requerimento de margem para carteiras que contenham posições em direções opostas (comprado e vendido) em diferentes contratos expostos ao risco cambial.

     

    .